Home » Ciência Política e Relações Internacionais

Ciclo Básico:  Anual
Tipo: Obrigatório
Aulas: Teóricas, Teóricas – Práticas, Práticas
Procedências: Não tem procedência

  1. Competências

Dotar o aluno de instrumentos conceptuais rigorosos que o habilitem a produzir um discurso científico rigoroso sobre comunicação política, com vista a um competente de exercício profissional.

  1. Objectivos

Com esta Unidade Curricular pretende-se dotar o aluno de instrumentos conceptuais rigorosos que o habilitem a produzir um discurso científico rigoroso sobre comunicação política, com vista a um competente exercício profissional. Ou seja, pretende-se desenvolver capacidades de análise quer no plano do método (teorias e conceitos) quer no plano do objecto (determinação conceptual do campo de análise), de modo a que o aluno fique em condições de operacionalizar a teoria no concreto campo da análise empírica. Ao estudar três casos de convergência entre comunicação e política, Gabinete de Comunicação do Presidente dos USA, New Labour e Forza Itália, pretende-se, precisamente, promover capacidades de análise conceptual rigorosa sobre concreta matéria empírica, preparando o aluno para uma eficaz conversão profissional do saber adquirido.

  1. Conteúdos Programáticos
  • Convergência da teoria política clássica e da teoria da comunicação numa nova teoria política.
  • Democracia representativa, media e opinião pública: paralelismo histórico-evolutivo e sistemático. Modelos de comunicação e sistemas políticos: uma «convergência paralela»?
  • Comunicação, informação, propaganda e marketing. Spinning e comunicação instrumental. O «efeito de interpolação» dos media. Política e teorias dos efeitos. Um conceito de fronteira: a «legitimidade flutuante».
  • Comunicação, códigos éticos e função social dos media. 5. Política e mercado eleitoral: campanhas eleitorais e «permanent campaign».
  • A questão da hegemonia.
  • O Gabinete de Comunicação do Presidente dos EUA.
  • Dois casos europeus: a) como ganhou Berlusconi as eleições legislativas de 1994; b) como se processou a construção do New Labour.
  • O caso da rede: uma simetria perfeita entre o modelo reticular, ou pós-mediático, de comunicação e o sistema democrático representativo?
  • O poder
  1. Métodos de Ensino – aprendizagem

A disciplina é leccionada em:

  • Aulas teóricas (conferências)
  • Aulas teórico-práticas (seminários e exercícios)

As aulas são compostas de uma parte explosiva, onde são apresentados os conceitos fundamentais das diferentes matérias do programa juntamente com a demonstração dos principais resultados, pretendendo-se que os estudantes adquiram uma visão global dos temas abordados e suas interligações; uma componente prática, onde os estudantes aplicarão os conhecimentos adquiridos melhorando a sua compreensão das matérias leccionadas.

 

Clica neste link para ler completo – GRELHA CURRICULAR DE CIÊNCIA POLÍTICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS

 

As aulas são compostas de uma parte explosiva, onde são apresentados os conceitos fundamentais das diferentes matérias do programa juntamente com a demonstração dos principais resultados, pretendendo-se que os estudantes adquiram uma visão global dos temas abordados e suas interligações.